Button e Hamilton se esforçam na reta final da F1

segunda-feira, 13 de setembro de 2010 17:51 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A temporada de Jenson Button e Lewis Hamilton tem sido uma verdadeira montanha-russa, mas a dupla da McLaren espera, finalmente, encontrar o equilíbrio na reta final do campeonato de Fórmula 1.

Button subiu para o quarto lugar no Mundial após a segunda posição em Monza no fim de semana, enquanto Hamilton, que vinha de vitória na Bélgica, abandonou a prova na Itália logo na primeira volta e perdeu a liderança da competição.

"A carreira de Lewis tem sido uma montanha-russa. Ele é um piloto dinâmico", disse o chefe da equipe McLaren, Martin Whitmarsh.

"Nós e ele ficamos frustrados, mas ele é muito resistente e tenho certeza que vai dar a volta por cima em Cingapura. Ele ganhou lá no ano passado e vai lutar para repetir este ano", declarou.

Os dois pilotos da McLaren seguem na disputa pelo título mundial, em uma batalha acirrada entre cinco competidores a cinco corrida do final da temporada.

Mark Webber, da Red Bull, é o líder com 187 pontos, apenas cinco à frente de Hamilton. Com a vitória em Monza, Fernando Alonso, da Ferrari, subiu para 166 pontos, um a mais que Button. Também está na briga Sebastian Vettel, com 163 pontos.

"Agora, a cada corrida as pessoas vão olhar o treino classificatório, o resultado final da corrida, e tentarão entender para qual direção o campeonato está indo", disse Button à Reuters.

"Nesse momento é como um carrossel, todos estão subindo e descendo", acrescentou o britânico, que passou em branco na Bélgica após ser atingido pela Red Bull de Vettel. "É bastante complicado, emocionante, mas é bom para o esporte."

"Todos nós vamos brigar pelo campeonato, mas quem não vencer vai ganhar muito respeito pela disputa deste ano -- espero não ser um desses", acrescentou o piloto de 30 anos.