Spurs derrota Wolves com três gols no final

sábado, 18 de setembro de 2010 14:39 BRT
 

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - Algumas substituições inspiradas deram a um aliviado Tottenham Hotspur vitória por 3 x 1 sobre o Wolverhampton Wanderers neste sábado, com três gols marcados nos últimos 13 minutos de partida.

Após sofrer um gol no primeiro tempo, Harry Redkapp acertou a mão: Rafael van der Vaart e os reservas Roman Pavlyuchenko e Alan Hutton viraram o jogo de forma impressionante.

O Spurs, que estreou na Liga dos Campeões com um empate com o alemão Werder Bremen na quinta-feira, parecia sofrer uma ressaca europeia quando Steven Fletcher colocou o Wolves na dianteira.

O zagueiro Hutton entrou no segundo tempo e deu o pênalti que Van der Vaart conferiu aos 33 minutos.

Aaron Lennon se juntou à refrega aos 41 minutos da etapa complementar e, literalmente com o primeiro toque, fez um cruzamento para o reserva Pavlyuchenko colocar o Spurs na frente a três minutos do encerramento, pouco antes de Hutton finalizar um terceiro tento.

Everton não conseguiu repetir sua virada heróica da semana passada ao perder em casa pela primeira vez em dez meses, graças a uma finalização soberba de Hartem Ben Arfa, do Newcastle United, no último minuto da primeira etapa.

A invencibilidade do Birmingham City na temporada terminou diante do West Bromwich Albion, que saiu perdendo e fez três gols em dez minutos para fechar o placar em 3 x 1.

As disputas de Aston Villa contra Bolton Wanderers, Blackburn Rovers contra Fulham e Stoke City contra West Ham United terminaram todas em 1 x 1.

O Newcastle manteve seu progresso imprevisto ao se tornar o primeiro time a triunfar diante do Everton desde o êxito do Liverpool naquele campo em novembro.

Tendo derrotado o Villa por 6 x 0 e depois perdido por 2 x 0 do Blackpool em casa, ninguém poderia prever o que o time de Chris Hughton faria neste sábado.