Santos atende Dorival e afasta atacante Neymar após polêmicas

sábado, 18 de setembro de 2010 15:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A diretoria do Santos Futebol Clube decidiu neste sábado afastar o jogador Neymar, atendendo a pedidos do técnico do time, Dorival Junior, após o atleta ter se envolvido em atos de indisciplina.

"O atleta Neymar, por decisão unânime da presidência e dos membros da comissão técnica, está afastado, em um primeiro momento, da partida contra o Guarani", afirma o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, em nota oficial publicada neste sábado. O técnico teria pedido o afastamento do atacante por período indeterminado.

"O jogador treinará de acordo com a programação do clube e terá sua situação reavaliada pela diretoria e pelo treinador após a reapresentação do elenco, na próxima segunda-feira", acrescenta a nota.

O afastamento ocorreu após uma discussão entre Neymar e Dorival, depois do técnico advertir o jogador por um "firula" em campo, durante jogo contra o Atlético-GO, na quarta-feira. O atacante disparou ofensas ao treinador, acusando-o de ter negado a ele a cobrança de um pênalti.

O atacante tem sido alvo de críticas de torcedores e até de colegas de time após se envolver em casos de indisciplina durante partidas pelo Campeonato Brasileiro.

O jogador já havia causado polêmica ao jogar contra o Ceará, em Fortaleza, ao deixar o campo reclamando e discutindo com atletas do time cearense. Na partida, em que o Santos perdeu por 2 a 1, Neymar teve que ser contido pelos companheiros e a polícia, que entrou em campo após o duelo entre os times.

Houve desavenças também na partida contra o Avaí. O técnico da equipe catarinse acusou o jogador de humilhar os rivais, após o atleta santista aplicar um "chapéu" em um adversário com a bola parada. O Santos venceu o jogo por 2 a 1.

"Reiteramos aos atletas, aos demais membros da comissão técnica e à torcida nossa confiança no trabalho e na liderança de Dorival Junior. Enfatizamos que atos de indisciplina não serão tolerados pela diretoria, conforme anunciado anteriormente", afirma o Santos na nota.

"Reafirmamos nosso apreço pelo atleta Neymar e nossa confiança de que o episódio servirá para que ele consiga amadurecer e superar este momento de dificuldade."

(Por José de Castro)