Gol de Bent dá a Sunderland empate com Arsenal

sábado, 18 de setembro de 2010 19:04 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Darren Bent marcou aos cinco minutos da prorrogação e garantiu ao Sunderland o empate de 1 x 1 em casa, depois que um Arsenal de dez homens fez um gol estranho mas também perdeu uma penalidade no confronto intenso deste sábado.

O Arsenal abriu o placar com um gol bizarro de Cesc Fabregas, viu Alex Song ser expulso aos 11 minutos da etapa complementar e Tomas Rosicky disparar um pênalti por cima do travessão aos 29 do segundo tempo, mas quando parecia que sua vitória estava assegurada o atacante inglês Bent conferiu o gol.

Segundo colocado, o Arsenal esteve a poucos segundos de retirar seu rival londrino da liderança após uma partida extraordinária.

Depois que o técnico Arsène Wenger criou celeuma esta semana por reclamar sobre a abordagem truculenta de outros times, foi sua equipe que se mostrou agressiva contra um Sunderland de forma inferior mas que dominou a partida.

E se sua abordagem foi incomum, seu gol também foi. Fabregas bloqueou um chute de Anton Ferdinand e depois assistiu surpreso quando a bola voou 35 metros, para dentro da rede sobre a cabeça do goleiro Simon Mignolet.

O meio-campista espanhol sofreu uma lesão no tendão no incidente e saiu após 30 minutos.

O Arsenal, que marcou 18 gols em seus quatro jogos anteriores, se defendeu com afinco diante da pressão incansável do Sunderland, especialmente depois da expulsão de Song por um segundo cartão amarelo.

Mesmo quando Rosicky desperdiçou um pênalti após uma falta sobre Samir Nasri parecia que o time iria se sair bem, mas seu adversário foi inteiro para o ataque e Bent conferiu um merecido gol de empate.

"Nada aconteceu naqueles quatro minutos para justificar que eles fizessem mais gols," declarou um furioso Wenger à ESPN.

Steve Bruce, treinador do Sunderland, disse: "Eles fizeram um gol na sorte. Nós fomos recompensados por um ótimo desempenho."