19 de Setembro de 2010 / às 21:05 / 7 anos atrás

Tipsarevic põe Sérvia na final da Copa Davis

<p>O s&eacute;rvio Janko Tipsarevic rebate a bola ao tcheco Radek Stepanek na semi-final da Copa Davis em Belgrado, 19 de setembro de 2010.Marko Djurica</p>

Por Zoran Milosavljevic

BELGRADO (Reuters) - Janko Tipsarevic emergiu como herói da Sérvia após bater Radek Stepanek na partida decisiva para levar seu país à primeira final de Copa Davis com uma difícil vitória sobre a República Tcheca por 3 a 2.

Muitas vezes inconsistente, Tipsarevic coroou um grande desempenho individual no fim de semana, ao vencer também Tomas Berdych na sexta-feira, e vencendo Stepanek por 6-0, 7-6 e 6-4 fortalecendo os sérvios para a decisão em casa contra a França, nove vezes campeã.

Mas cedo no domingo, Novak Djokovic empatara a favor da Sérvia em 2 a 2 após superar Tomas Berdych por 4-6, 6-3, 6-2 e 6-2 em três horas e 14 minutos diante de 18 mil apaixonados torcedores na Belgrade Arena.

Foi Tipsarevic que deixou a multidão em êxtase com uma performance impecável na qual precisou de apenas 23 minutos para vencer o set de abertura, permitindo que Stepanek vencesse apenas sete pontos.

"Foi um final de conto de fadas, eu tenho que agradecer à fantástica torcida porque ela nos trouxe de volta dos mortos", disse um emocionado Tipsarevic em entrevista na saída da quadra.

"Finalmente, foi a minha chance de brilhar pela equipe nacional após os outros, principalmente Djokovic, provarem ser fundamentais tantas vezes", disse ele na entrevista coletiva após uma atuação impecável.

"Estou orgulhoso por ter jogado meu melhor tênis pela equipe nacional em uma partida desta magnitude. Eu tive que vencer em três sets porque estava ficando cansado no final e Stepanek estava voltando à partida."

Tipsarevic parecia ter o jogo ganho quando ele fez 3-1 no segundo set mas depois Stepanek reagiu e quebrou o serviço para forçar o tie-break, o sérvio precisou salvar um set point antes de vencer.

Ao abrir 4-0 no terceiro set, o nervosismo começou a interferir no jogo de Tipsarevic e Stepanek venceu três games seguidos e ainda salvou dois match points.

De qualquer modo, os sérvios não silenciaram e depois que Stepanek mandou um backhand para fora, a multidão entrou em frenesi e levantou-se para aplaudir seu herói.

FORTALEZA INEXPUGNÁVEL

A equipe da Sérvia carregou Tipsarevic nos ombros e deitaram na quadra formando um coração, ostentando bandeiras do país e sendo ovacionados pelos fãs.

As comemorações na quadra e nas arquibancadas se tornaram uma regra na Copa Davis sediada na Belgrade Arena, uma fortaleza onde a Sérvia venceu todas as quatro séries que disputou em casa desde que chegou ao Grupo Mundial em 2008.

Djokovic, que teve de jogar muito para bater Berdych após um início lento de partida, estava confiante de que a Sérvia pode bater a França nos jogos da final de 3 a 5 de dezembro, naquilo que será uma viagem difícil para os nove vezes campeões.

"Nenhum time no mundo é favorito na Belgrade Arena, nem se forem os melhores jogadores de simples e de duplas do mundo. Estou confiante de que poderemos manter nosso recorde de invencibilidade intacto, mas é muito cedo para pensar na França, queremos agora celebrar essa conquista histórica."

"Tipsarevic foi o herói de uma vitória magnífica, ele provou que é um campeão de verdade e se manteve frio mesmo sob forte pressão. Estou muito feliz por ele", acrescentou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below