Greve de jogadores italianos é adiada após negociação

terça-feira, 21 de setembro de 2010 15:59 BRT
 

ROMA (Reuters) - A greve dos jogadores do Campeonato Italiano prevista para o fim de semana foi adiada na terça-feira para dar mais tempo às negociações, mas a ameaça de uma futura interrupção dos jogos permanece se as partes não chegarem a um acordo.

"Eles anunciaram que a greve está suspensa", disse um porta-voz da federação italiana de futebol, após o quarto encontro entre a associação dos jogadores e os chefes da liga italiana.

O sindicato dos jogadores anunciou a greve duas semanas atrás em um disputa sobre o novo contrato coletivo dos atletas com a liga. Os jogadores são contra as cláusulas que obrigam os jogadores a aceitarem ser negociados e a treinar em separado quando não são mais desejados por um clube.

Como ainda não se chegou a um acordo final, o chefe da associação dos atletas, Sergio Campana, disse que a greve pode ser retomada se as duas questões não forem resolvidas num prazo de até dois meses.

"Agora vamos negociar até 30 de novembro. Sem essas condições, haverá uma greve automaticamente", disse ele a repórteres.

(Por Mark Meadows)