Recém-promovido Levante segura Real em empate sem gols

sábado, 25 de setembro de 2010 18:03 BRT
 

MADRI (Reuters) - De volta á primeira divisão do Campeonato Espanhol, o Levante conseguiu segurar o time milionário do Real Madri em um empate por 0 x 0 que deve colocar pressão sobre o novo técnico do time da capital Jose Mourinho.

O Real segue invicto, e sem sofrer gols, mas lutou e falhou em fazer valer a sua superioridade contra um clube recém-promovido de volta à primeira divisão que teve o plantel formado com poucos recursos.

Com o resultado, o time da capital espanhola cai para a segunda posição com 11 pontos em cinco partidas, dois pontos atrás dos líderes Valencia que venceram por 2 x 0 o Sporting Gijon.

O campeão da última temporada Barcelona pode superar o Real se vencer o Athletic de Bilbao em partida que vai ser realizada ainda neste sábado.

A partida no estádio Ciutat de Valencia foi um desafio de Davi versus Golias - o clube mais rico do mundo em faturamento contra uma equipe com sérios problemas financeiros.

O Levante sofreu 10 gols nas primeiras quatro partidas da sua volta à primeira divisão e se retrancou com quase todos os seus jogadores na linha da sua área, atraindo o Real e se defendendo o tempo todo.

Cristiano Ronaldo, em boa partida, teve um bom cabeceio salvo pelo goleiro do Levante Manuel Reina, mas ainda que os visitantes tenham tido mais posse de bola, eles falharam em transformar o domínio em chances claras.

Conforme a frustração do Real crescia, o médico da equipe Jose Carlos Hernandez foi expulso por protestar contra uma falta sobre Ronaldo e, além disso, Reina conseguiu grandes defesas no final da partida.

Dois gols de Mehmet Topal e Roberto Soldado deram ao Valencia a vitória sobre o Sporting antes da partida do time espanhol pela Copa dos Campeões contra o Manchester United.

O meio-campista turco Topal marcou de cabeça após um escanteio aos sete minutos de jogo. Três minutos depois, Juan Mata em excelente partida cruzou para Soldado que marcou o segundo e definiu a partida.

Mata e Manuel Fernandes tomaram conta do meio-campo para os visitantes e apenas no segundo tempo o Sporting conseguiu uma boa chance com David Barral acertando a trave.

 
<p>Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, &eacute; desafiado por Sergio Ballesteros, do Levante, durante partida pelo Campeonato Espanhol em Val&ecirc;ncia, 25 de setembro de 2010. REUTERS/Heino Kalis</p>