Nadal é surpreendido e fica fora da final do Open da Tailândia

sábado, 2 de outubro de 2010 11:05 BRT
 

BANGCOC (Reuters) - O número 1 do ranking Rafael Nadal sofreu uma surpreendente derrota para seu compatriota espanhol Guillermo Gacia-Lopes, por 2-6 7-6 6-3, na semifinal do Open da Tailândia de tênis.

O campeão do US Open parecia que iria tranquilo para a final após uma vitória traquila no primeiro set, mas não resistiu à recuperação fulminante de Garcia-Lopez, que levou a segunda parcial para o tie-break, quando o jogo de Nadal começou a fraquejar.

O número 53 do ranking vai enfrentar na final o finlandês Jarkko Nieminen, que estendeu sua trajetória vencedora, ao bater por 6.3 6-2 o alemão Benjamin Becker para alcançar sua primeira final nesta temporada.

Nadal só teve que culpar a si mesmo pela derrota, após ter desperdiçado 24 de 26 break points e cometer erros fatais num set final bastante movimentado. Ele perdeu o domínio e passou a vantagem para seu oponente numa partida que durou 2 horas e 45 minutos.

Garcia-Lopez buscou tratamento para o quadril e lesões nas costas após o primeiro set, mas mostrou sua determinação, mantendo Nadal sob controle e frustrando-lhe golpes com precisão e golpes precisos.

"Eu nunca tinha ganhado de um campeão antes, isso foi o máximo de toda minha carreira", disse Garcia-Lopes a jornalistas.

"No momento, eu ainda estou em choque. Ele teve tantas chances de me derrotar, mas fiquei no jogo. Joguei muito, muito bem. "Tudo foi tão rápido. Sabia que se eu imaginasse superar o Rafa Nadal, eu teria um problema, então eu tentei não pensar nisso", disse.

A virada veio no quarto game do set decisivo, quando Nadal, que também detém a coroa de Wimbledon e do Aberto da França, mandou uma bola simples na rede.

Garcia-Lopez, em seguida, quebrou o saque de Nadal, mandando a bola perto da linha e roubou a vantagem que ele nunca mais devolveu.

(Reportagem de Martin Petty)

 
<p>Rafael Nadal reage durante jogo contra Guillermo Garcia-Lopez em Bangcoc. Nadal sofreu uma surpreendente derrota para seu compatriota espanhol, por 2-6 7-6 6-3, na semifinal do Open da Tail&acirc;ndia de t&ecirc;nis. 02/10/2010 REUTERS/Damir Sagolj</p>