Uruguai e Argentina poderiam sediar Copa de 2030, diz Cafú

domingo, 3 de outubro de 2010 09:47 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - Uruguai e Argentina têm as condições e a história para organizar a Copa do Mundo de Futebol de 2030, disse no sábado o ex-capitão da seleção brasileira Cafú, referindo-se ao plano dos dois países de sediar o mundial naquele ano, quando a competição completará 100 anos. O primeiro torneio mundial de futebol foi realizado no Uruguai.

O presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, revelou esta semana que o Uruguai apresentou sua pré-candidatura para organizar com a Argentina a Copa do Mundo de 2030, o que lhe permitirá festejar o centenário da competição, cuja final em 1930 foi disputada pelos dois países e vencida pelos uruguaios.

"Ambos têm condições e também história para fazer isso juntos, como antes fizeram Japão e Coreia (em 2002). Se se prepararem e trabalharem para isso, poderão conseguir. Seria ótimo ter um novo mundial na América do Sul", disse Cafú a jornalistas em Santiago.

"Além disso, ter o Centenário como estádio principal seria um cenário ideal para ambos países", acrescentou Cafú, que disputou quatro mundiais e foi campeão na Copa dos Estados Unidos, em 1994, e da Coreia do Sul/Japão, em 2002.

A seleção uruguaia se sagrou campeã em 1930 ao vencer a Argentina por 4-2 no Estádio Centenário, em Montevidéu, em um torneio do qual participaram 13 seleções convidadas.

O Brasil irá sediar a Copa em 2014, o que marcará o retorno da competição para a América do Sul pela primeira vez desde 1978, quando a Argentina organizou o mundial, tornando-se campeã.

Cafú está no Chile para prestigiar um torneio de crianças de colégios locais.

(Reportagem de Claudio Cerda)