Problemáticos Jogos da Commonwealth são abertos com estilo

domingo, 3 de outubro de 2010 16:47 BRT
 

Por Nick Mulvenney

NOVA DÉLHI (Reuters) - A 19a edição dos Jogos da Commonwealth teve sua abertura neste domingo com um espetacular desfile de música, dança e pirotecnia que deve ajudar a reparar os danos à imagem da Índia causados pela calamitosa montagem do evento esportivo.

Uma apresentação de três horas ilustrando a grande diversidade da Índia e sua rica cultura foi realizada quase com perfeição por um elenco de milhares de pessoas com alguns efeitos de alta tecnologia no estilo "Bollywood", sob o maior balão de gás hélio do mundo.

Os preparativos para os Jogos com custo de 6 bilhões de dólares foram manchados por uma série de contratempos que comprometeram as ambições da Índia de mostrar seu crescimento financeiro ao sediar seu maior evento esportivo em três décadas.

Os organizadores esperam deixar todos os problemas para trás durante os próximos 11 dias da competição entre as antigas colônias britânicas, mas parte da multidão vaiou o chefe do comitê organizador, Suresh Kalmadi, no evento de abertura.

A grande operação de segurança ao redor do estádio foi um lembrete das preocupações que levaram certos atletas a desistirem de competir, e havia um compromisso diplomático sobre quem deveria abrir os Jogos.

O príncipe Charles, que foi saudado com cantos de "Índia! Índia!", leu uma mensagem de sua mãe, a Rainha Elizabeth, mas a presidenta da Índia, Pratibha Patil, também recebeu um importante papel.

"Nós estamos cantando Índia, Índia porque nós sentimos que há uma certa falta de respeito com nossa presidente", explicou o espectador Kalpana Anuragi.

O príncipe fez uma pausa antes de entregar a mensagem que viajou no Queen's Baton a partir de Londres numa jornada de 190.000 quilômetros através das 71 nações e territórios da Commonwealth (Comunidade Britânica).   Continuação...