Presidente boliviano acerta adversário em jogo de futebol

terça-feira, 5 de outubro de 2010 17:21 BRT
 

LA PAZ (Reuters) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, torcedor apaixonado de futebol, quebrou todas as regras presidenciais durante uma partida com amigos no fim de semana. Ele acertou uma joelhada num jogador adversário após levar uma falta violenta que deixou cortes e marcas em sua perna.

O clima do jogo em La Paz esquentou depois da discussão entre Morales e Daniel Gustavo Cartagena, que trabalha no gabinete do prefeito de La Paz, logo aos cinco minutos de partida.

O árbitro expulsou quatro jogadores, incluindo Cartagena, e mostrou quatro cartões amarelos, segundo o jornal La Razón.

Imagens de televisão mostraram Cartagena rolando no chão de dor após Morales, de 50 anos, ter revidado a falta sofrida com uma joelhada na virilha.

Depois do jogo, que terminou empatada em 4 a 4, alguns policiais tentaram prender Cartagena por sua falta no presidente, mas, depois, mudaram de ideia, disse a mídia local.

"Nunca foi minha intenção machucar o presidente", disse Cartagena ao La Razón depois do jogo, que reuniu Morales e um grupo de assessores contra funcionários da prefeitura de La Paz.

Morales, cujo governo construiu dezenas de campos de futebol ao redor do país, continuou jogando depois do incidente e marcou um gol.