Ozil se diz tranquilo para defender Alemanha contra Turquia

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 11:16 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O meio-campista da seleção alemã Mesut Ozil, que tem ascendência turca, disse que não haverá espaço para a emoção quando a Alemanha enfrentar a Turquia pela eliminatória da Eurocopa de 2012, na sexta-feira.

Pelo menos 35 mil torcedores turcos são esperados no Estádio Olímpico de Berlim, mas o jogador de 21 anos, que somente no ano passado optou pela seleção alemã em vez da turca, disse que não sentirá pressão extra na partida.

"É claro que essa será uma partida muito especial para mim, pois vou jogar contra os meus amigos", disse o jogador do Real Madrid a jornalistas na quarta-feira. "Mas também quero vencer."

Berlim foi escolhida como local da partida por abrigar uma grande comunidade turca, e os organizadores tiveram de criar uma enorme tribuna de imprensa, por conta do grande interesse da mídia.

Os dois times estão empatados no Grupo A das eliminatórias com seis pontos, após duas vitórias em suas partidas de abertura.

"Estou ansioso por isso, mas o objetivo é vencer essa grande partida e avançar nas eliminatórias. Se marcar um gol contra a Turquia, vou reagir de forma espontânea", disse Ozil, que fez parte da seleção alemã que disputou a Copa do Mundo da África do Sul com 11 jogadores entre os 23 que não tem ascendência étnica alemã.

A Alemanha terminou em terceiro o Mundial disputado na África do Sul e foi elogiada pelo futebol rápido e envolvente que mostrou.

"Minha família vem da Turquia e tenho amigos que me ligam para me apoiar. Mas sou (turco) da terceira geração e nasci aqui na Alemanha", disse Ozil.

"Para mim não há nenhum outro país em questão, e isso nunca foi um problema para mim. Estou orgulhoso de jogar pela Alemanha", disse, acrescentando que não cantará o hino nacional. "Quando o hino toca, sempre me concentro no jogo que terei pela frente."

 
<p>O jogador da sele&ccedil;&atilde;o alem&atilde;, Mesut &Ouml;zil, fala a jornalistas em Berlim, 6 de outubro de 2010. &Ouml;zil, que tem ascend&ecirc;ncia turca, disse que n&atilde;o haver&aacute; espa&ccedil;o para a emo&ccedil;&atilde;o quando a Alemanha enfrentar a Turquia pela eliminat&oacute;ria da Eurocopa de 2012, na sexta-feira. REUTERS/Thomas Peter</p>