Liverpool acerta venda para donos do Boston Red Sox

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 12:50 BRT
 

Por Sonia Oxley

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - A diretoria do Liverpool decidiu vender o clube para os proprietários do time norte-americano de beisebol Boston Red Sox, mas o futuro da equipe mais vitoriosa da história do futebol inglês poderá ter que ser decidido na Justiça devido a uma disputa com os atuais proprietário.

O time inglês informou nesta quarta-feira que aceitou uma oferta de 300 milhões de libras (477,6 milhões de dólares) da New England Sports Ventures (NESV), mas o acordo está sendo prejudicado por uma ação na Justiça dos atuais proprietários do clube.

Na terça-feira, os norte-americanos Tom Hicks e George Gillett entraram com uma ação legal para tentar substituir dois dos cinco membros da diretoria por pessoas de sua confiança, numa última cartada para tentar manter o controle do clube. De acordo com a BBC, os dois disseram que vão resistir até o fim contra qualquer tentativa de vender o clube.

A mídia local afirma que Hicks e Gillett queriam pelo menos 600 milhões pelo Liverpool.

O presidente do Liverpool, Martin Broughton, disse ter ficado desapontado que os atuais proprietários "tenham tentado de tudo para impedir um acordo", mas acrescentou que os possíveis novos donos são as melhores pessoas para comandar o clube e providenciar recursos para comprar novos jogadores.

O Liverpool, cinco vezes campeão da Europa, acumula dívidas de 237 milhões de libras, a maioria junto ao Royal Bank of Scotlland com prazo para execução até o dia 15 de outubro.

Hicks e Gillett compraram o time em fevereiro de 2007 por 218,9 milhões e nunca foram populares com a torcida por terem investido pouco em contratações para tentar diminuir a dívida.