Wozniacki e Djokovic vão às finais no Aberto da China

sábado, 9 de outubro de 2010 14:42 BRT
 

Por Peter Simpson

PEQUIM (Reuters) - A nova número 1 do mundo Caroline Wozniacki conseguiu superar a preocupação com uma lesão no joelho para chegar à final do torneio feminino do Aberto da China, enquanto Novak Djokovic garantiu a chance de conquistar novamente o torneio masculino.

Em outro dia coberto pela tradicional névoa de poluição no Centro de Tênis Olímpico em Pequim, o tenista número dois do mundo, Djokovic, o principal cabeça de chave, venceu o norte-americano John Isner por 7-6 e 6-2 para chegar à final masculina, na qual vai enfrentar o espanhol David Ferrer. Para chegar até a final, Ferrer venceu o croata Ivan Ljubicic por 6-4, 4-6 e 6-4.

A vitória de Djokovic garantiu a sua classificação junto com o número 1 do mundo Rafael Nadal e número 3 Roger Federer para o torneio ATP World Tour em Londres no próximo mês.

Wozniacki, que tomou a posição de Serena Williams como a tenista número 1 do mundo no início desta semana, venceu a tenista israelense Shahar Peer por 7-5 e 6-2 na partida semi-final.

A dinamarquesa, que jogou com uma proteção no joelho após a ameaça de lesão na partida de quartas-de-final, vai enfrentar a segunda cabeça de chave Vera Zvonareva na final do domingo.

"Meu joelho está melhor hoje do que ontem. Fiz muito tratamento, mas ainda sinto um pouco de dor. Como não está piorando, acho que é algo positivo," disse a tenista de 20 anos que busca o seu sexto título da temporada.

Já a russa Zvonareva, a número 4 do mundo, acabou com as esperanças chinesas de ter uma representante do país na final ao vencer a nona cabeça de chave Li Na por 6-3 e 6-3.

"Eu acho que Li correu muitos riscos, então ela teve muitos erros não forçados. Eu sabia que tinha que suportar a pressão e contra-atacar se eu tivesse a chance. Eu acho que fiz isso bem," disse Zvonareva.   Continuação...