Empresário de Cingapura oferece US$509 mi para comprar Liverpool

terça-feira, 12 de outubro de 2010 12:22 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - O bilionário Peter Lim, de Cingapura, fez uma oferta de compra do clube inglês Liverpool nesta terça-feira de 320 milhões de libras (509 milhões de dólares), valor superior ao oferecido pela New England Sports Ventures (NESV), que também disputa o negócio.

O discreto Lim, que possui a oitava maior fortuna de Cingapura, estimada pela revista Forbes em 1,6 bilhão de dólares, afirmou que além do valor da compra vai disponibilizar uma linha de 40 milhões de libras para o manager Roy Hodgson comprar jogadores.

Lim afirmou em um comunicado que sua oferta será suficiente para pagar todas as dívidas, incluindo juros bancários, do Liverpool, além de deixar recursos suficientes para capital de giro e outras eventuais despesas com ações judiciais.

"Minha proposta oferece uma plataforma financeira firme, com base na qual o clube poderá buscar sua reestruturação", afirmou o empreendedor, que construiu sua fortura por meio de operações em bolsas de valores e que hoje possui participações em companhias que operam em diversos setores.

A proposta revisada, após uma oferta inicial de 300 milhões de libras, chega em um momento de disputa pela direção do clube.

Diretores independentes do clube, liderados pelo presidente do conselho Martin Broughton, autorizaram a venda do time à revelia dos atuais donos, os norte-americanos Tom Kicks e George Gillett, que são detestados pelos torcedores.

Uma corte britânica está para decidir quem no clube tem o direito de decidir uma eventual venda, se o conselho ou os donos.

O conselho havia permitido a venda para a NESV, que é dona do Boston Red Sox, o tradicional clube de beisebol da costa leste dos EUA.

Mas a oferta de Lim, que é maior, pode alterar as coisas.

(Reportagem de Kevin Lim)