Polícia sérvia prende 19 suspeitos por violência em Gênova

quinta-feira, 14 de outubro de 2010 08:24 BRT
 

Por Zoran Milosavljevic

BELGRADO (Reuters) - A polícia da Sérvia prendeu 19 homens suspeitos de envolvimento nos incidentes de violência que provocaram a suspensão da partida entre Sérvia e Itália, em Gênova, pelas eliminatórias da Eurocopa de 2012, disse nesta quinta-feira o ministro do Interior.

Os suspeitos foram detidos imediatamente após entrarem na Sérvia, e outros dois ônibus transportando torcedores de volta da Itália estavam sendo procurados, segundo o ministro Ivica Dacic.

A policia italiana prendeu 17 torcedores, incluindo o suposto líder da confusão, depois que o jogo de terça-feira foi abandonado logo nos primeiros minutos em decorrência da violência. A partida já tinha sido atrasada 45 minutos por problemas do lado de fora do estádio envolvendo os torcedores sérvios.

Após agredirem o próprio goleiro da Sérvia em um incidente relacionado com a rivalidade entre clubes do país, os sérvios lançaram rojões contra torcedores italianos e na direção do campo no estádio Luigi Ferraris.

A violência em Gênova aconteceu dois dias após uma briga grande entre torcedores e a polícia nas ruas de Belgrado.

A Uefa abriu uma "investigação rigorosa e completa sobre os incidentes de grave desordem", segundo comunicado da entidade.

Depois que todas as provas forem coletadas, o corpo de controle e disciplina da Uefa poderá impor sanções desde uma grande multa até a desclassificação do país das competições em andamento ou a exclusão de futuras competições.