BNDES aprova R$400 mi em obras no Maracanã para Copa de 2014

quinta-feira, 14 de outubro de 2010 16:06 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O BNDES aprovou na quinta-feira financiamento de 400 milhões de reais para reforma no estádio do Maracanã visando a Copa do Mundo de 2014, e a primeira parcela deste recurso deve ser liberada ainda neste ano, informou o diretor do banco, Élvio Gaspar.

O Maracanã, no Rio de Janeiro, que deve receber a final do Mundial sediado pelo Brasil, está fechado para obras desde o início de setembro. A reforma está orçada em pouco mais de 700 milhões de reais. O restante do dinheiro deve ser aplicado pelo consórcio privado vencedor de licitação.

"O Maracanã é a joia da coroa no país e vamos liberar o teto do nosso programa de financiamento", disse Gaspar a jornalistas.

Os recursos serão aplicados não só na modernização do estádio, mas também na revitalização no entorno da arena.

De acordo com o executivo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Maracanã é o quinto estádio da Copa a receber recursos do banco. Os outros ficam em Manaus, Cuiabá, Fortaleza e Salvador.

Até agora, dos três estádios privados --em Curitiba, Porto Alegre e São Paulo--, apenas representantes do estádio do Corinthians procuraram o banco, porém ainda não formalizaram pedido de empréstimo.

"Se o estádio do Corinthians quiser participar da Copa das Confederações (em 2013), o prazo está ficando apertado", alertou Gaspar.

O executivo do BNDES aguarda pedidos de empréstimos de Belo Horizonte, Recife, Natal e Brasília.

O banco possui uma linha de crédito aprovada de 4,8 bilhões de reais destinada especialmente para as 12 arenas que receberão os jogos do Mundial. O valor do financiamento pode chegar a 400 milhões de reais por estádio.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
<p>BNDES aprovou financiamento de R$400 mi para reforma do Maracan&atilde; para a Copa do Mundo de 2014. REUTERS/Bruno Domingos</p>