Federer enfrenta Murray na final de Xangai

sábado, 16 de outubro de 2010 15:36 BRT
 

Por Peter Simpson

XANGAI (Reuters) - O tenista número três do mundo, Roger Federer, derrotou Novak Djokovic por 7-5 e 6-4 neste sábado, prometendo uma final de encher os olhos contra o renascido Andy Murray na final do Masters de Xangai.

O sérvio e segundo cabeça-de-chave Djokovic esperava conseguir seu segundo título na semana após conquistar o Aberto da China na segunda-feira, mas desperdiçou quatro break points no primeiro set contra o suíço.

Federer já enfrentou Murray duas vezes este ano, derrotando-o na final do Aberto da Austrália mas perdendo para o britânico no Masters de Toronto em agosto.

"As condições são basicamente as mesmas que em Toronto, o que significa uma partida muito dura e exigente", disse Federer sobra a final de domingo.

"Andy tem muito mais sensibilidade no slice. Ele trabalha o ponto de um jeito muito diferente de Novak. Isso pede um plano de ataque diferente", acrescentou o terceiro cabeça-de-chave.

Murray disse estar ansioso para voltar a jogar com Federer.

"Sempre é uma grande experiência", declarou o escocês aos repórteres após derrotar o argentino Juan Monaco em parciais de 6-4 e 6-1.

"Quando o enfrentei na final de Toronto, fui muito mais agressivo e não lhe dei muitas chances de ditar os pontos, especialmente no meu serviço."   Continuação...

 
<p>Federer durante jogo contra Novak Djokovic nos Masters de Xangai. O tenista n&uacute;mero tr&ecirc;s do mundo, Roger Federer, promete uma final de encher os olhos contra o renascido Andy Murray na final do Masters de Xangai. 16/10/2010 REUTERS/Aly Song</p>