Três jogadores do Irã podem ser detidos por beijar torcedora

segunda-feira, 18 de outubro de 2010 15:06 BRST
 

TEERÃ (Reuters) - Três jogadores de futebol iranianos enfrentam pena de prisão por beijar uma torcedora no Estado islâmico, onde o contato físico entre mulheres e homens que não estão em um relacionamento é proibido por lei, informou um site iraniano nesta segunda-feira.

De acordo com a lei islâmica, a Sharia, imposta no Irã após a Revolução Islâmica de 1979, violações da lei podem ser punidas com chibatadas, multas ou prisões.

"Os mandados de prisão foram emitidos para os três porque são comportamentos anti-islâmicos", disse o site Rajanews, citando uma fonte não-identificada.

Os três jogadores e o time de futebol não foram identificados. Autoridades jurídicas não estavam disponíveis para comentar.

O site disse que os três jogadores infringiram o rígido código moral da República Islâmica em um dos aeroportos do Irã.

"O técnico estava tentando impedir que os jogadores fossem presos", disse o site. "Mas ele foi informado que eles eram responsáveis por seus delitos."