Merkel resolve problema com federação por ter visitado vestiário

quarta-feira, 20 de outubro de 2010 12:37 BRST
 

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, resolveu suas diferenças com a federação de futebol do país por ela ter feito uma visita-surpresa ao vestiário da seleção depois da vitória sobre a Turquia este mês, informou um porta-voz do governo.

Merkel foi ver os jogadores após a vitória alemã por 3 x 0 nas eliminatórias da Euro 2012, em Berlim, no dia 8 de outubro, o que despertou críticas do chefe da federação Theo Zwanziger. Segundo ele, políticos deveriam ficar distantes do futebol.

"O desgaste foi totalmente resolvido", disse uma autoridade do governo a repórteres nesta quarta-feira.

Imagens oficiais mostraram Merkel conversando com jogadores sem camisa, incluindo o meia Mesut Ozil, que tem ascendência turca, ao lado do presidente alemão Christian Wulff e da filha dele.

O dirigente Zwanziger estava na partida, mas não acompanhou Merkel ao vestiário.

A autoridade do governo disse que Merkel e Zwanziger esclareceram tudo em um telefonema.

O jogo em Berlim, cidade que possui uma grande comunidade turca, atraiu mais de 40 mil torcedores turcos. Ozil, que no ano passado optou por jogar pela Alemanha em vez da Turquia, tem sido exaltado como um exemplo de integração social na Alemanha.

Ozil marcou um gol no jogo e foi vaiado pelos turcos durante toda a partida.

(Por Karolos Grohmann)

 
<p>Chanceler alem&aacute;, Angela Merkel, cumprimenta Mesut Oezil da sele&ccedil;&atilde;o alem&atilde; ap&oacute;s jogo contra a Turquia, nas eliminat&oacute;rias da Euro 2012. Merkel resolveu suas diferen&ccedil;as com a federa&ccedil;&atilde;o de futebol do pa&iacute;s por ela ter feito uma visita-surpresa ao vesti&aacute;rio. 08/10/2010 REUTERS/Bundesregierung/Guido Bergmann/Arquivo</p>