Paul Gascoigne é preso acusado de porte de drogas

sexta-feira, 22 de outubro de 2010 14:38 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O ex-meio-campista inglês Paul Gascoigne passou a noite sob custódia da polícia após ter sido preso por suspeitas de crimes relacionados às drogas, disseram nesta sexta-feira fontes policiais.

Gascoigne, de 43 anos, foi detido pela suspeita de posse de uma substância ilícita após uma busca da polícia em uma propriedade em North Tyneside, no nordeste da Inglaterra.

O ex-jogador de Tottenham Hotspur e Lazio está esperando sentença sobre outro incidente. Ele foi ameaçado de prisão há poucos dias por ter admitido ter dirigido embriagado.

"Um homem de 43 anos foi preso sob suspeita de posse de uma droga classe A", afirmou a polícia de Northumbria em comunicado. "Um segundo homem, de 43 anos, foi preso depois, suspeito de ser participante do abastecimento das drogas", disse.

"Ambos os homens estão presos e os interrogatórios, em andamento."

Gascoigne, cujos problemas pessoais, entre eles transtornos mentais, foram amplamente cobertos pela imprensa desde sua aposentadoria nos gramados, também jogou pelo Newcastle United, pelo Middlesbrough e pelos Rangers.

Em um dos momentos mais marcantes de sua carreira, Gascoigne chorou ao receber cartão amarelo do árbitro brasileiro José Roberto Wright na semifinal da Copa do Mundo de 1990, em jogo contra a Alemanha Ocidental. A punição o teria impedido de jogar a final se a Inglaterra se classificasse, mas os alemães foram à decisão depois de vencer a disputa por pênaltis.

(Texto de Avril Ormsby)