Schumacher é repreendido por bloquear Rubinho e recebe críticas

sábado, 23 de outubro de 2010 14:44 BRST
 

Por Alan Baldwin

YEONGAM, Coreia do Sul (Reuters) - Comissários de prova repreenderam no sábado o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher por bloquear o caminho do brasileiro Rubens Barrichello, seu ex-companheiro de Ferrari, durante o treino classificatório para o Grande Prêmio da Coreia do Sul.

O brasileiro reclamou depois da sessão que Schumacher, que retornou nesta temporada à Fórmula 1 aos 41 anos, com a equipe Mercedes, o atrapalhou em uma volta rápida.

Entretanto, a Mercedes rebateu e o chefe da equipe, Ross Brawn, que comandou a ambos nos tempos de Ferrari, afirmou que o brasileiro da Williams exagerou e tentou tirar proveito do incidente.

"Acho que os comissários tiveram uma análise correta de que o Rubens não estava em uma volta rápida", afirmou Brawn a repórteres depois de ouvir que Schumi manteria a nona posição no grid de largada na prova do domingo, com Barrichello em décimo.

"Acho decepcionante quando um piloto diz estar na sua melhor volta da sessão se não é verdade", afirmou. "Creio que precisamos ter um equilíbrio sobre o que ocorre nos treinos classificatórios, porque se os pilotos tentam ganhar posições causando punições aos seus adversários, não está correto."

Os comissários disseram em comunicado que, desconsiderando a opinião da Mercedes de que Barrichello não estava em uma volta rápida, Schumacher tem a responsabilidade de usar seus espelhos retrovisores e prestar atenção nas bandeiras de sinalização.

"Rubens é da opinião de que Michael é mal-educado e não dá a mínima sobre nada. E você pensa: 'quanto mais muda. (mais fica igual)'", afirmou um dos donos da Williams, Patrick Head, com um sorriso quando perguntado sobre o incidente.

Barrichello foi companheiro de equipe de Schumacher por seis anos na Ferrari e várias vezes teve de fazer um papel subserviente e obedecer as chamadas "ordens de equipe" em favor do alemão.   Continuação...

 
<p>heptacampe&atilde;o mundial de F&oacute;rmula 1 Michael Schumacher ficou em nono lugar no grid de largada, enquanto que seu rival Sebastian Vettel conquistou a pole. 23/10/2010 REUTERS/Toru Hanai</p>