3 de Novembro de 2010 / às 16:58 / em 7 anos

Cauteloso, Alonso tem primeira chance de levar o título de 2010

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - Fernando Alonso pode conquistar o título da Fórmula 1 no GP do Brasil no domingo, mas ninguém pode considerar nada como garantido em uma das temporadas mais imprevisíveis e equilibradas da categoria.

Se o piloto da Ferrari vencer a penúltima prova do ano, e o australiano da Red Bull Mark Webber não chegar à frente do quinto lugar, Alonso vai voltar a comemorar o título em Interlagos como em 2005 e 2006, quando conquistou seus dois títulos pela Renault.

O espanhol, 11 pontos à frente de Webber e com 21 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, da McLaren, com 50 pontos ainda em disputa, é o único piloto que pode levar o título este fim de semana.

Mas, com quatro adversários matematicamente ainda na briga, nada pode ser dado como garantido.

“A Red Bull ainda é favorita... talvez a gente tenha conseguido ir além das expectativas, mas sabemos que a situação pode mudar de uma semana para a outra”, disse Alonso após vencer na Coreia do Sul há 10 dias.

Alonso sabe que um erro ou problema de motor -- uma preocupação particular para a Ferrari devido a falhas anteriores este ano -- podem acabar com sua vantagem.

É inteiramente possível que os quatro primeiros colocados ainda chegam à prova final em Abu Dhabi, no dia 14 de novembro, separados por apenas três pontos.

Para isso, Alonso teria que abandonar no Brasil, com vitória de Sebastian Vettel, da Red Bull, e um segundo lugar de Hamilton. Webber teria que chegar em quinto.

Webber, que embarcou de Londres para o Brasil nesta quarta-feira, venceu em Interlagos no ano passado, após sete anos sem marcar nenhum ponto num circuito conhecido por suas condições climáticas incertas.

Em um campeonato em que a liderança já mudou de mãos oito vezes, ele pode facilmente repetir a vitória de 2009.

Para Alonso, será fundamental a ajuda do companheiro de equipe Felipe Massa, que em 2007 entregou a vitória em casa ao então companheiro Kimi Raikkonen para que o finlandês fosse campeão um ponto à frente de Hamilton e do próprio Alonso.

O brasileiro já venceu duas vezes em casa, e fez a pole position em suas últimas três corridas em São Paulo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below