Bielsa deixa seleção do Chile após troca de comando na federação

quinta-feira, 4 de novembro de 2010 14:41 BRST
 

SANTIAGO (Reuters) - Marcelo Bielsa deixará seu cargo como técnico da seleção chilena depois que Harold Mayne-Nicholls perdeu as eleições para a presidência da Federação Chilena de Futebol (ANFP) nesta quinta-feira.

O líder da oposição Jorge Segovia, presidente do clube da primeira divisão Union Española, venceu a votação por 28 a 22 e assumirá a direção da ANFP em janeiro de 2011, disse um porta-voz da federação.

Bielsa, nomeado por Mayne-Nicholls em 2007, anunciou na quarta-feira que renunciaria como técnico se a oposição vencesse a eleição.

Em uma coletiva de imprensa que foi organizada às pressas, Bielsa listou uma série de fatores que geravam uma incompatibilidade entre ele e o empresário espanhol Segovia, dizendo que não permaneceria se Mayne-Nicholls não fosse eleito.

O argentino estava à frente de uma equipe chilena de bastante sucesso, que voltou a disputar uma Copa do Mundo este ano após 12 anos de ausência. Eles chegaram à segunda fase do torneio, quando perderam para o Brasil.

Segovia terá a missão de escolher o sucessor de Bielsa para dirigir o Chile na Copa América do ano que vem na Argentina e no Mundial de 2014 no Brasil.

(Por Claudio Cerda)