Red Bull favorece Vettel emocionalmente, diz Webber

quinta-feira, 4 de novembro de 2010 20:02 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - O piloto Mark Webber acusou na quinta-feira a Red Bull de ajudar emocionalmente seu colega Sebastian Vettel, e disse que o fato de ainda estar na disputa do título é "inconveniente" para a equipe.

Falando a jornalistas às vésperas do Grande Prêmio do Brasil, que pode definir o título deste ano, o australiano mediu suas palavras, com pausas longas - afinal tão reveladoras quanto as respostas quase sempre resignadas.

"Tecnicamente, tudo tem sido muitíssimo bom", disse Webber, vice-líder do Mundial, 11 pontos atrás de Fernando Alonso, da Ferrari.

Mas, questionado sobre o clima emocional, ele foi mais brusco: "Isso é bastante óbvio, não é? É claro que quando jovens, novas forças chegam ao pelotão, é aí que está a emoção. É assim que é."

"O que é absolutamente correto, porque tenho tido uma grande oportunidade e um grande carro para fazer algumas grandes coisas neste ano, e fiz isso", prosseguiu. "Tenho favoritos na vida, tenho gente com a qual gosto de estar. Assim que é. É a natureza humana."

Em outra entrevista, Christian Horner, diretor da equipe, negou que haja favorecimento a Vettel, mas admitiu que Helmut Marko, consultor da Red Bull e braço-direito do austríaco Dietrich Mateschitz, dono da equipe, é muito ligado ao piloto alemão de 23 anos.

"Eu teria de entender o que Mark (Webber) quer dizer com esses comentários, porque ele tem um tremendo apoio de toda a equipe", disse Horner.

"Acho que ele provavelmente estava se referindo ao apoio de Helmut Marko a Sebastian Vettel, mas isso não influencia a forma como a equipe opera, a forma como apoia seus pilotos."   Continuação...