Ferrer vence em Valência e conquista segundo título do ano

domingo, 7 de novembro de 2010 16:29 BRST
 

VALÊNCIA, Espanha (Reuters) - O espanhol David Ferrer conquistou seu segundo título do ano e aumentou suas chances de participar da ATP World Tour Finals, que encerra a temporada, ao bater seu compatriota Marcel Granollers por 7-5 e 6-3 para vencer o Torneio de Valência, neste domingo.

O número 8 do mundo, vitorioso em Acapulco, em fevereiro, usou sua velocidade e tenacidade contra o poderoso Granollers.

Granollers, que se classificou para a chave principal com a desistência do contundido Jo-Wilfried Tsonga, disputou a sua segunda final de ATP Tour na carreira.

Morador de Valência, Ferrer venceu o primeiro set apertado na arena em formato de catedral da cidade mediterrânea quando Granollers não conseguiu devolver uma bola que tocou na linha de fundo.

O tenista de 28 anos, campeão em Valência em 2008 antes do torneio mudar da superfície de saibro para quadra dura coberta, rapidamente se aproveitou da vantagem de jogar em casa e abriu 3-0 no segundo set.

A quebra do saque de Granoller no segundo game se mostrou crucial e Ferrer selou a vitória em seu primeiro match point, quando seu adversário mandou uma devolução na rede.

Ferrer deixou sua raquete cair e se jogou de costas na quadra azul antes de ir em direção à torcida para abraçar sua família.

"Este é um dia muito especial para mim e quero dedicar o título aos meus pais", disse ele ainda na quadra durante entrevista para a TV. "Estou repleto de alegria e sem palavras."

Ferrer está bem colocado para garantir um dos três lugares restantes na ATP World Tour Finals, que acontece de 21 a 28 de novembro, em Londres, e para qual já estão classificados Rafael Nadal, Roger Federer, Novak Djokovic, Andy Murray e Robin Soderling.

Assim como Ferrer, Tomas Berdych, Andy Roddick, Fernando Verdasco, Mikhail Youzhny e Juergen Melzer também têm chances de se classificar com mais pontos em disputa na próxima semana no Masters de Paris.

O jogo deste domingo foi quinto do ano com uma final entre espanhóis e o título de Ferrer é o 20o da Espanha em 2010, com sete deles, incluindo três Grand Slams, sendo do número 1 do mundo, Rafael Nadal.