Equipe Williams está em "grande forma" financeira, diz diretor

sexta-feira, 12 de novembro de 2010 15:54 BRST
 

Por Alan Baldwin

ABU DHABI (Reuters) - A Williams está financeiramente em "grande forma" para a próxima temporada, apesar da perda de alguns patrocinadores importantes, disse o diretor da escuderia, Adam Parr, nesta sexta-feira.

Parr afirmou a repórteres em Abu Dhabi, onde acontece o último GP da temporada no fim de semana, que não compareceu às corridas do Brasil e da Coreia do Sul porque estava cuidando das negociações financeiras necessárias para a equipe na próxima temporada.

A Williams perdeu patrocinadores, o principal deles o Royal Bank of Scotland (RBS), e ainda há dúvidas sobre as permanências do grupo de eletrônicos Philip's.

Outros patrocinadores também estão em risco, como a AirAsia, cujo dono Tony Fernandes agora possui sua própria equipe, a Lotus Racing, e a seguradora Allianz, que passou a estampar sua marca no safety car oficial.

"Nós substituímos todos os patrocínios que perdemos e estamos em grande forma", disse Parr. "Na verdade me sinto mais confiante para o futuro da equipe agora do que no passado, apesar de termos sido uma companhia lucrativa nos últimos três anos."

"Neste ano seremos mais uma vez, e no ano que vem também. Financeiramente, acho que estamos numa situação muito boa", acrescentou.

Apesar das especulações de bastidores a respeito de uma troca do novato alemão Nico Hulkenberg pelo venezuelano Pastor Maldonado, que levaria o patrocínio da estatal de petróleo de seu país PDVSA, Parr garantiu que a equipe ainda não tomou nenhuma decisão sobre seus pilotos para 2011.

Hulkenberg, que fez a pole position do GP Brasil no fim de semana passado, tem como companheiro o brasileiro Rubens Barrichello. Maldonado, atual campeão da GP2, vai testar pela equipe em Abu Dhabi na próxima semana.