United escapa de derrota para Villa com gols no final

sábado, 13 de novembro de 2010 15:18 BRST
 

Por Mike Collett

LONDRES (Reuters) - O Manchester United conferiu duas vezes nos minutos finais e conseguiu um empate de 2 x 2 com o Aston Villa neste sábado, quando parecia que o time caminhava para sua primeira derrota na atual temporada do campeonato inglês.

O reserva Federico Macheda e o zagueiro Nemanja Vidic garantiram os gols que ampliaram a invencibilidade do United para 26 partidas, incluídas todas as competições, desde sua última derrota em abril - seu melhor resultado em 11 anos.

Mas essas cifras disfarçam um desempenho preocupante para o time, que soma seis empates nos sete jogos disputados fora de casa e não mostrou a forma de um campeão em potencial.

Após um primeiro tempo sofrível e sem graça, um Villa rejuvenescido tomou a dianteira quando Ashley Young bateu um pênalti aos 27 minutos da etapa complementar após sofrer falta de Wes Brown.

Marc Albrighton duplicou a vantagem faltando 14 minutos para o encerramento ao finalizar um contra-ataque soberbo, chutando no alto depois de receber um cruzamento perfeito de Stewart Downing.

Mas o United não entregou os pontos, e apesar de raramente jogar bem na atual temporada, lutou e se recompôs quando Macheda chutou a gol de uma distância de 20 metros aos 36 minutos, ressuscitando as esperanças de se manter imbatíveis.

O time fez exatamente isso quatro minutos mais tarde, quando Nani abriu caminho e cruzou para Vidic, que salvou um ponto com uma cabeçada junto à trave.

Alex Ferguson, técnico do United, disse ao canal de TV Sky Sports News: "Acho que perdemos uns seis gols no segundo tempo, e eles também tiveram algumas ótimas chances."   Continuação...

 
<p>Zagueiro do Manchester United Nemanja Vidic comemora com Federico Macheda e Wes Brown a ap&oacute;s marcar gol em empate por 2 x 2 com o Aston Villa. REUTERS/Kieran Doherty</p>