Platini adverte que manipuladores arriscam suas carreiras

domingo, 14 de novembro de 2010 12:17 BRST
 

SOFIA (Reuters) - O presidente da UEFA, Michel Platini, alertou que os jogadores que se envolvem em manipulação de resultados estão colocando suas carreiras em risco.

"Eu sempre digo aos jogadores para serem muito cuidadosos", disse Platini em entrevista coletiva no domingo. "Eles devem saber que nunca irão jogar futebol novamente se forem pegos em flagrante."

"Estou dizendo a eles - para jogar pôquer ou ir ao cassino jogar outros jogos de azar, mas não tentar combinar resultados."

Platini reiterou que a UEFA terá uma postura de tolerância zero para o que ele já havia descrito como a maior praga que envolve o jogo.

"Eu não sou nem policial e nem juiz, que briga com a máfia," disse ele.

"Sei que temos de defender o futebol. Você sabe que o Comitê Executivo da UEFA e o Congresso declararam tolerância zero para a corrupção."

"Nós não podemos condenar uma pessoa que concordou em manipular uma partida," acrescentou Platini. "Não é nossa função. Mas estamos fazendo pressão para resolver este problema."

"Nós demos recentemente 7,5 milhões de euros (US$ 10,2 milhões) a cada uma das associações nacionais de futebol para combater o problema e eu posso dizer que cada uma delas elas vai receber 9,5 milhões de euros entre 2012 e 2016."

Durante sua visita de dois dias, Platini, encontrou o primeiro-ministro da Bulgária Boiko Borisov para discutir a candidatura do país dos Balcãs para sediar a fase final do Campeonato Europeu Sub-21 em 2013.

"A Bulgária está pronta para sediar o campeonato," disse Platini.

(Por Krasimirov Angel)

 
<p>Presidente da UEFA, Michel Platini, alertou que jogadores que se envolvem em manipula&ccedil;&atilde;o de resultados est&atilde;o colocando suas carreiras em risco. REUTERS/Stoyan Nenov</p>