November 17, 2010 / 7:21 PM / in 7 years

Messi marca no fim e Brasil perde de 1 x 0 para Argentina

4 Min, DE LEITURA

<p>Argentino Lionel Messi recebe marca&ccedil;&atilde;o de Andr&eacute; Santos e Lucas no amistoso contra o Brasil em Doha, no Catar. 17/11/2010Mohammed Dabbous</p>

SÃO PAULO (Reuters) - Lionel Messi decidiu o amistoso entre Brasil e Argentina. A partida estava empatada até os 46 minutos do segundo tempo, quando o atacante argentino arrancou, livrou-se da marcação, e fez 1 x 0 no jogo desta quarta-feira, no Catar.

Foi a primeira derrota do técnico Mano Menezes no comando da seleção brasileira e o primeiro gol sofrido pela equipe após quatro jogos com o novo treinador.

O trio ofensivo brasileiro formado por Ronaldinho, Neymar e Robinho conseguiu trocar bons passes, porém sem muito brilho. Ronaldinho, que voltou a jogar pela seleção após um ano e meio, foi substituído no segundo tempo após uma atuação esforçada, mas discreta.

Na Argentina, o melhor jogador do mundo, Lionel Messi, foi bem marcado e teve poucas chances na maior parte do jogo, mas no final decidiu a partida. Após bola perdida pelo Brasil, o atacante do Barcelona arrancou do meio-campo, passou por David Luiz, aguentou tranco de Lucas, e chutou colocado da entrada da área.

"São duas seleções que jogaram para frente... Nós saímos para buscar o jogo e por um descuido nosso acabamos levando um gol", disse o atacante Robinho após a partida.

O Brasil teve contra os rivais sul-americanos seu primeiro grande teste depois da Copa do Mundo, em que foi eliminado nas quartas de final pela vice-campeã Holanda.

Mano, que substituiu Dunga após o Mundial, estreou na seleção com uma vitória por 2 x 0 sobre os Estados Unidos, em agosto. Dois meses depois, o Brasil fez 3 x 0 no Irã e 2 x 0 na Ucrânia.

Poucas Chances

Contra os argentinos, o primeiro lance claro de gol do Brasil aconteceu aos 19 minutos, quando o lateral-direito Daniel Alves acertou um chute no travessão após receber passe de David Luiz.

Aos 22, Ronaldinho tentou o gol de calcanhar após sobra na área, mas pegou fraco e o goleiro Romero fez a defesa.

"Estava de costas para o gol, não deu para ver se tinha alguém atrás", afirmou Ronaldinho no intervalo sobre o lance, acrescentando que estava tentando encontrar o ritmo do time. "Todo mundo joga muito rápido e isso é maravilhoso."

O meio-campista do Milan também teve uma cobrança de falta defendida pelo goleiro argentino.

A Argentina respondeu aos 29 minutos. O atacante Higuaín cabeceou frente a frente com o goleiro Victor, que fez a defesa. No rebote, o goleiro brasileiro de novo defendeu, porém a arbitragem anulou o lance, alegando impedimento.

Messi, até então apagado no jogo, apareceu aos 39 minutos ao arriscar um chute da entrada da área que desviou na trave antes de sair.

No segundo tempo, o clima ficou mais quente. A Argentina reclamou de um pênalti num lance em que a bola bateu no braço de Thiago Silva, e houve algumas faltas mais violentas -- Mascherano chegou a levar cartão amarelo por uma entrada em Ronaldinho.

O jogador do Milan foi substituído pelo meia Douglas aos 28 minutos. Logo depois saiu Neymar para a entrada de André. Jucilei ainda entrou na vaga de Ramires.

O Brasil, pouco inspirado, tentava o gol em chutes de longa distância, enquanto a Argentina apostava nas arrancadas de Messi. E deu resultado: ele marcou já nos acréscimos e selou a vitória argentina por 1 x 0.

A partida no Catar, candidato a sediar a Copa de 2022, teve uma invasão de campo nos minutos finais.

A seleção brasileira só voltará a jogar em 2011, quando terá uma competição oficial, a Copa América, disputada na Argentina.

Por Tatiana Ramil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below