Emocionado, espanhol Carlos Moyá anuncia aposentadoria do tênis

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 17:44 BRST
 

Por Iain Rogers

MADRI (Reuters) - O ex-líder do ranking mundial e campeão de Roland Garros Carlos Moyá lutou para segurar as lágrimas nesta quarta-feira ao anunciar sua aposentadoria do circuito mundial de tênis, aos 34 anos, devido a uma recorrente lesão no pé.

Em uma entrevista coletiva realizada em Madri, acompanhada pela família e por amigos do tenista, o vencedor do Aberto da França de 1998 disse que disputará seu último torneio no mês que vem, em Sevilla, após uma carreira de 15 anos.

Interrompendo seu discurso várias vezes para tentar conter o choro, Moyá agradeceu aos amigos, familiares, equipe técnica, patrocinadores e torcedores pelo sucesso de sua carreira.

O espanhol sofre com uma lesão no pé há vários anos, e não conseguiu livrar-se do incômodo apesar de ter consultado uma série de médicos.

Seu último torneio da ATP foi em maio, o Masters 1000 de Madri, em que perdeu logo na primeira rodada para o alemão Benjamin Becker.

"Essa partida não foi como esperava, e ali me dei conta de que havia chegado a hora", disse Moyá. "Ainda sou bastante jovem para a vida, mas já sou um pouco mais velhinho."

Moyá, que é destro -- ao contrário de seu amigo e atual número 1 do mundo, Rafael Nadal -- conquistou o primeiro de seus 20 títulos no saibro de Buenos Aires em 1995, aos 20 anos. Ele encerra a carreira com 575 vitórias e 319 derrotas no circuito mundial.