Alemanha comemora 20o aniversário da reunificação das seleções

domingo, 21 de novembro de 2010 14:17 BRST
 

LEIPZIG (Reuters) - Dirigentes de futebol da Alemanha e o chefe da UEFA Michel Platini comemoraram, neste domingo, o 20o aniversário da reunificação das seleções de futebol da Alemanha após o final da Guerra Fria.

"Eu ainda me lembro das partidas internacionais contra eles e nós perdemos a maioria", disse o antigo capitão do selecionado francês Platini. "Algumas vezes, eles usavam camisetas brancas, algumas vezes eram azuis", afirmou, falando em alemão, na celebração do aniversário.

"(Ao falar em alemão) presto uma homenagem a uma ocasião muito importante", acrescentou Platini.

A Alemanha Ocidental usava, geralmente, camisetas brancas, enquanto a sua contraparte socialista, a Alemanha Oriental, usava o tradicional azul. A última partida da Alemanha Oriental aconteceu em setembro de 1990, na vitória por 2 x 0 contra a Bélgica.

Ainda em 1990, a Alemanha Ocidental venceu a sua terceira Copa do Mundo. Em 2002, eles chegaram pela primeira (e única) vez na final de uma Copa como um time unificado.

Os maiores momentos da Alemanha Oriental na Copa do Mundo foi em 1974, quando eles surpreenderam os donos da casa (que acabaram vencendo o torneio) com a vitória de 1 x 0 contra a Alemanha Ocidental em uma partida recheada de conotações políticas que teve o único gol marcado por Juergen Sparwasser, que depois passou para o lado ocidental.

Em uma partida especial no sábado, alguns jogadores do time vencedor da Copa do Mundo de 1990, incluindo o capitão Lothar Matthaeus e Juergen Klinsmann, perderam por 2 x 1 para um selecionado da Alemanha Oriental que contava com Ulf Kirsten e Andreas Thom.