Wimbledon colocará o tênis no mapa olímpico, diz Federer

quinta-feira, 25 de novembro de 2010 14:50 BRST
 

Por Pritha Sarkar

LONDRES (Reuters) - A realização do torneio de tênis olímpico em Wimbledon nos Jogos de 2012 dará ao evento o prestígio que merece, disse o recordista de títulos do Grand Slam, Roger Federer.

Desde que voltou ao programa olímpico em 1988, o tênis faz sucesso, mas sem grande destaque. No entanto, a imagem do esporte nos Jogos pode receber um grande impulso devido ao local onde será sediado o próximo evento.

Federer, campeão no All England Club britânico seis vezes em sua carreira, agora mal pode esperar pela chance de ganhar uma medalha de ouro na quadra de grama, depois de não conseguir a vitória em suas últimas três tentativas nos Jogos Olímpicos.

"A beleza de ser realizado em Wimbledon é gigante para o mundo do tênis. Nas Olimpíadas, o foco está na natação e no atletismo e o tênis tem sido um pouco esquecido", disse o tenista de 29 anos à Reuters durante entrevista num hotel de Londres.

"Nas últimas duas Olimpíadas, vimos que os melhores jogadores estão sempre jogando. Rafa (Nadal) venceu o torneio individual em Pequim, e eu venci as duplas lá, isso foi uma ótima notícia para o tênis dentro do espírito olímpico", acrescentou.

"Em Londres, com a herança que temos para o tênis através de Wimbledon, provavelmente será uma das maiores Olimpíadas para o tênis que teremos", disse Federer, que chorou ao conquistar a medalha de ouro em 2008 na categoria de duplas.

 
<p>Para o tenista su&iacute;&ccedil;o Roger Federer, Wimbledon colocar&aacute; o t&ecirc;nis no mapa ol&iacute;mpico. REUTERS/Stefan Wermuth</p>