Rússia vai sediar Copa de 2018; Mundial de 2022 será no Catar

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 14:08 BRST
 

Por Paul Radford

ZURIQUE (Reuters) - A Copa do Mundo de 2018 será realizada na Rússia e o Mundial de 2022 será no Catar, anunciou o presidente da Fifa, Joseph Blatter, nesta quinta-feira.

A candidatura russa derrotou as propostas de Inglaterra, Holanda/Bélgica e Espanha/Portugal. A proposta do Catar superou Austrália, Japão, Coreia do Sul e os Estados Unidos.

Será a primeira vez que ambos os países receberão o Mundial. A Copa de 2022 também será a primeira da história realizada no Oriente Médio.

"Vamos para novos territórios. A Copa do Mundo nunca foi na Rússia e no Leste Europeu, e o Oriente Médio e o mundo árabe esperaram por muito tempo, então sou um presidente feliz quando falamos de desenvolvimento no futebol", disse Blatter após anunciar os vencedores.

O primeiro ministro da Rússia, Vladimir Putin, que não acompanhou a delegação do país em Zurique por ter afirmado que os russos enfrentavam uma "competição inescrupulosa", decidiu viajar para a Suíça após o anúncio da vitória.

Os 22 membros do comitê executivo da Fifa votaram nas duas sedes após verem apresentações de meia hora de cada uma das quatro candidaturas europeias para a competição de 2018.

Na quarta-feira, os concorrentes a 2022 já tinham se apresentado.

Essa foi a primeira vez que a Fifa realizou votações no mesmo dia para escolher duas sedes de Copa do Mundo.

 
<p>Presidente da Fifa, Joseph Blatter, anuncia a R&uacute;ssia como sede da Copa do Mundo de 2018. REUTERS/Christian Hartmann</p>