Glock diz que continuará na Virgin Racing em 2011

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010 11:27 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O piloto alemão Timo Glock negou especulações de que poderia deixar a Virgin Racing e disse nesta sexta-feira que continuará na equipe para a próxima temporada da Fórmula 1.

"Definitivamente, estarei pilotando para a Virgin Racing", disse ele no site oficial da equipe (www.virginracing.com). "Houve bastante especulação sobre a minha vontade de deixar a equipe, mas a questão não é deixar a equipe, a questão é querer melhorar e continuar seguindo em frente."

"Não é 99,9 por cento certo que ficarei, como tem sido divulgado -- é 100 por cento certo que ficarei."

Glock foi para a Virgin num contrato de longa duração após deixar a Toyota, que saiu da Fórmula 1 no final de 2009. Ele disse, na época, que queria ajudar a nova equipe a construir para o futuro.

A Virgin encerrou seu campeonato de estreia em último lugar (12o), sem um único ponto, mas depois assinou um contrato de patrocínio com a fabricante russa Marussia.

"Acho que com tudo o que aprendemos nesse ano, podemos ter um bom progresso na próxima temporada", disse o piloto, de 28 anos.

"É uma equipe muito boa de pessoas que deram seu sangue, suor e lágrimas em nossa primeira temporada. Algumas pessoas não viram com seus próprios olhos, como nós vimos, então é fácil criticar e ser cínico."

O companheiro de Glock este ano foi o brasileiro Lucas di Grassi, que ainda não renovou seu contrato. O alemão disse que a equipe deve anunciar seu segundo piloto até o Natal.

(Reportagem de Alan Baldwin)