Uefa reduz suspensão e multa de Mourinho

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 18:57 BRST
 

MADRI (Reuters) - A Uefa acatou o recurso para a redução da multa e da suspensão de dois jogos impostas ao treinador José Mourinho, do Real Madrid, por causa da suspeita de que dois jogadores do time provocaram suas expulsões num jogo no mês passado contra o Ajax, pela Liga dos Campões.

A entidade que comanda o futebol europeu, que originalmente decidiu que Mourinho, o clube e quatro jogadores haviam cometido uma "conduta imprópria", reduziu a multa do técnico português de 40 mil para 30 mil euros, e a do Real caiu de 120 mil para 100 mil euros.

Além disso, a suspensão do técnico será de apenas um jogo - na quarta-feira, em Madri, contra o Auxerre, pelo Grupo G.

Foram mantidas as multas de 20 mil euros e a suspensão de um jogo para Xabi Alonso e Sergio Ramos, que levaram o segundo cartão amarelo quase no final da partida, por "cera".

Os goleiros Iker Casillas (titular) e Jerzy Dudek (reserva), que aparentemente mandaram recados de Mourinho para Alonso e Ramos, foram multados em 10 mil e 5.000 euros, respectivamente - penalidades que foram mantidas pela Uefa.

Ramos e Alonso também cumprirão suspensão contra o Auxerre, jogo que não vale nada para o Real, já classificado para as oitavas de final.

Aparentemente, os dois jogadores precipitaram suas expulsões para não correrem o risco de ficarem de fora em partidas eliminatórias. Por causa da punição, eles continuarão pendurados com um cartão amarelo.

(Reportagem de Iain Rogers)