Sul-americanos podem ajudar Benítez a se manter na Inter

sábado, 11 de dezembro de 2010 14:16 BRST
 

Por Rex Gowar

ABU DHABI (Reuters) - O comprometimento dos jogadores sul-americanos com a conquista do Mundial de Clubes da Fifa pode ajudar o pressionado técnico Rafa Benítez a manter o emprego na Inter de Milão.

"Há tantos sul-americanos no nosso time, a vontade de vencer está presente", disse o zagueiro colombiano Ivan Córdoba durante o evento neste sábado.

Os clubes da América do Sul normalmente demonstram mais interesse do que seus rivais europeus na antiga Copa Intercontinental, e esta percepção se mantém no atual formato da competição.

Falando em uma coletiva de imprensa, Córdoba, comparou o torneio com uma Copa do Mundo para os times e disse: "Para mim isto é um sonho. Quando entrei no estádio lembrei como foi na França em 1998."

Benítez tem sofrido grande pressão desde que substituiu o treinador José Mourinho, detentor de três títulos, na última temporada, e o Mundial de Clubes é visto como o 'tudo ou nada' do espanhol.

O presidente do clube, Massimo Moratti, insinuou após a derrota de 3 x 0 para o Werder Bremen na Liga dos Campeões na terça-feira que iria repensar a permanência de Benítez após o torneio em Abu Dhabi.

A Inter perdeu sete partidas na atual temporada, o mesmo número de derrotas do time de Mourinho em toda a temporada passada, e estava 10 pontos atrás do líder Milan no Campeonato Italiano após 15 rodadas antes de partir para o oriente.

BRASIL NA FINAL   Continuação...