Perto da aposentadoria, Abbondanzieri revela paixão por pilotar

domingo, 12 de dezembro de 2010 17:46 BRST
 

ABU DHABI (Reuters) - O ex-goleiro da seleção argentina e do Boca Juniors Roberto Abbondanzieri pode parar no automobilismo ao se aposentar do futebol, depois do encerramento do Mundial de Clubes.

Abbondanzieri, goleiro reserva do Internacional, disse no domingo que deixará o futebol depois de ganhar uma sequência de títulos com o Boca e ajudar a Argentina a chegar às quartas de final de Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

"Corridas de automóveis? Eu gosto muito, é uma das minhas paixões", disse ele a jornalistas antes de uma sessão de treino dos campeões sul-americanos.

"Eu fui às corridas, eu dirigi, tudo na calma. Eu só estou falando agora, porque o futebol está acabando (para mim)", disse Abbondanzieri, rindo.

"É um tipo diferente de adrenalina, é tudo ou nada."

O Internacional, que ganhou o título mundial no Japão em 2006, vai enfrentar o TP Mazembe, do Congo, na terça-feira em busca de um lugar naquela que seria sua segunda final.

Abbondanzieri, tendo perdido seu lugar no Boca no ano passado, participou da campanha da Libertadores pelo Inter, o seu quarto título sul-americano depois de ter levantado a taça três vezes com o Boca.

Aos 38 anos, "Pato", como é apelidado, hoje é reserva de Renan, mas adora treinar, pois pode ser chamado para jogar mais uma vez.

"Eu estou curtindo cada dia como se fosse o último, pois está chegando ao fim ... Eu não acho que vou sentir tristeza porque eu alcancei tudo o que eu queria e sei que vida eu quero levar depois do futebol, eu estou pronto", disse ele.

"É lógico que com o Boca eu teria gostado de dizer adeus em La Bombonera lotada, mas isso é futebol ... eu tive que vir para o Inter, onde fui tratado como brasileiro igual eles."