Fórmula 1 impõe "toque de recolher" aos mecânicos

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010 17:35 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Os exaustos mecânicos da Fórmula 1 serão poupados dos serões noturnos na próxima temporada, graças a uma decisão da FIA publicada na segunda-feira.

Na temporada de 2010, algumas equipes novas precisavam trabalhar em tempo integral para prepararem seus carros. A temporada de 2011 promete ser ainda mais desgastante - será a mais longa da história, com 20 corridas.

Mas a Federação Internacional de Automobilismo decidiu proibir que os funcionários "de alguma forma associados à operação dos carros" tenham acesso ao circuito num período de seis horas antes dos treinos de sexta-feira e sábado. Isso significa um "toque de recolher" das 0h às 6h, quando o treino acontecer às 10h, ou de 1h às 7h, quando o treino começar às 11h.

Cada time terá direito a quatro exceções por temporada.

"FAIR PLAY"

A FIA também adotou regras mais rígidas para estimular o "fair play". Ficou proibido, por exemplo, "espremer" um adversário para fora da pista ou fazer mais de uma mudança de direção para defender uma posição.

"Os pilotos devem usar a pista o tempo todo", esclarece a regra. Na atual temporada, alguns pilotos foram criticados por deliberadamente saírem da pista para aproveitar uma melhor trajetória.

Outra mudança para 2011 é no câmbio - cada piloto poderá fazer uma troca sem penalidades. Nessa hipótese - que não vale para a última prova do ano - a nova caixa de câmbio deve ser usada para completar o GP.

Atualmente, os pilotos perdem cinco posições no grid de largada se o câmbio dura menos que quatro GPs seguidos. Para 2011, o total será aumentado para cinco GPs.

Foi retomada a regra que exclui da corrida o carro que fizer no treino classificatório um tempo 107 por cento superior ao do primeiro colocado, mas os comissários terão o poder de autorizar exceções. A regra havia sido abandonada a pedido das novas equipes.