Presidente da Ferrari acusa Massa de ter "corrido como o irmão"

terça-feira, 14 de dezembro de 2010 10:23 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A temporada de Felipe Massa na Fórmula 1 foi tão frustrante que parece que ele colocou o irmão para correr em seu lugar, reclamou o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo.

O piloto brasileiro terminou em sexto lugar no campeonato, enquanto seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, só perdeu o título para o alemão da Red Bull Sebastian Vettel devido a um erro de estratégia de pit-stop na última corrida do ano, em Abu Dhabi.

"Em um certo ponto da temporada, Felipe estava de saco cheio e mandou seu irmão", disse Montezemolo a jornalistas italianos em um jantar na noite de segunda-feira, repetindo uma piada similar feita a respeito do ex-piloto da Ferrari Kimi Raikkonen no ano passado.

"Por isso, Felipe foi nota 7. Para Alonso, em sua primeira temporada na Ferrari, eu dou 9,5. Mas infelizmente ele não ganhou."

Massa, vice-campeão de 2008 que sofreu um acedente grave no ano passado que o tirou da segunda metade da temporada, voltou às pistas este ano e teve problemas ao longo da temporada. O brasileiro ficou bastante desapontado quando foi obrigado pela equipe a deixar Alonso ultrapassá-lo para vencer o GP da Alemanha, em julho.

Montezemolo disse que pequenas mudanças vão acontecer na Ferrari após o erro em Abu Dhabi, mas descartou as especulações de que ele possa deixar a Ferrari para ingressar na política.

"Deixem-me fazer o meu trabalho, estou bastante contente por termos muito o que fazer na Ferrari", disse.

(Por Mark Meadows)

 
<p>Felipe Massa da Ferrari antes sa sess&atilde;o de treino no GP do Brasil em Interlagos. A temporada de Massa na F&oacute;rmula 1 foi t&atilde;o frustrante que parece que ele colocou o irm&atilde;o para correr em seu lugar, reclamou o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo. 06/11/2010 REUTERS/Paulo Whitaker/Arquivo</p>