Pachuca vence al-Wahda nos pênaltis e fica em 5o no Mundial

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010 15:54 BRST
 

Por Rex Gowar

ABU DHABI (Reuters) - O mexicano Pachuca desperdiçou um pênalti mas conseguiu recuperar-se de uma desvantagem de dois gols para vencer o anfitrião al-Wahda por 4 x 2 na disputa de penalidades, conquistando o quinto lugar no Mundial de Clubes da Fifa, nesta quarta-feira.

O atacante Dario Cvitanich, que entrou no segundo tempo, salvou o Pachuca da derrota com dois gols nos oito minutos finais da partida, levando o jogo direto para os pênaltis após empate de 2 x 2 nos 90 minutos. Não houve prorrogação.

O argentino fez o primeiro dos campeões da Concacaf com um chute de primeira de dentro da área, e depois aproveitou um cruzamento rasteiro para surpreender o goleiro Adel al-Hosani com um toque de calcanhar, no último minuto do jogo.

O meia brasileiro Hugo cobrou duas vezes o primeiro pênalti da disputa, depois que o goleiro do Pachuca Miguel Calero defendeu a primeira cobrança bastante adiantado. Na cobrança seguinte, Hugo colocou o time da casa em vantagem.

Calero, no entanto, defendeu o terceiro pênalti do al-Wahda, cobrado pelo capitão Abdulraheem Jumaa. Depois, Modibi Diarra cobrou para fora e deu a vitória aos mexicanos.

Os gols do time dos Emirados Árabes foram marcados por Ismaeil Matar, pouco antes do intervalo, e por Mahmood al-Hammadi, aos 32 minutos do segundo tempo.

O al-Wahda teve o zagueiro Hamdan al-Kamali expulso por uma falta cometida no atacante colombiano Franco Arizala dentro da área, mas o paraguaio Edgar Benítez cobrou o pênalti por cima.