Inter tenta salvar temporada em final "equilibrada" com Mazembe

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010 16:27 BRST
 

Por Rex Gowar

ABU DHABI (Reuters) - Em busca de alavancar uma temporada até agora marcada negativamente, a Inter de Milão está cuidadosa sobre seu favoritismo para a final do Mundial de Clubes da Fifa contra o campeão africano TP Mazembe, no sábado.

O time da República Democrática do Congo tornou-se o primeiro africano a alcançar a final da competição ao surpreender o campeão da Libertadores Internacional, por 2 x 0, numa das semifinais. O time brasileiro vai disputar a terceira posição, também no sábado, contra o sul-coreano Seongnam.

"Numa final não há favoritos, especialmente no futebol de hoje", disse o capitão Javier Zanetti a jornalistas, nesta sexta-feira, no estádio Zayed Sports City, palco da partida.

"Vai ser muito equilibrado, ninguém dá nada de graça. Acredito que nesta partida nós começamos iguais, seria um erro pensar que somos favoritos", acrescentou o argentino, antes do treinamento final da equipe para a partida.

"Essa é uma grande oportunidade para levarmos a Inter ao topo do mundo. Sabemos que será difícil, mas esperamos jogar uma grande partida e vencer."

A Inter buscará seu terceiro título mundial, após ter vencido duas vezes (1964 e 1965) a Taça Intercontinental que era disputada anualmente entre os campeões da América do Sul e da Europa.

O técnico Rafael Benítez, cujo emprego está em risco e pode depender do título mundial, disse que uma vitória pode abrir caminho para a recuperação do time no Campeonato Italiano, em que a Inter está apenas em sétimo lugar.

O time estará desfalcado do meia holandês Wesley Sneijder, que sofreu uma lesão muscular logo no início da semifinal contra o Seongnam. No entanto, o lateral-direito brasileiro Maicon está liberado para jogar.