29 de Dezembro de 2010 / às 15:00 / em 7 anos

Leonardo diz que trabalhar no Inter é "o maior desafio"

<p>Novo t&eacute;cnico do Inter de Mil&atilde;o Leonardo durante coletiva de imprensa no centro de treinamento do clube em Appiano Gentile, Mil&atilde;o. 29/12/2010 REUTERS/Paolo Bona/Arquivo</p>

MILÃO (Reuters) - O brasileiro Leonardo, novo técnico do Inter de Milão, disse que seu emprego era “um sonho” depois de ser recebido como um astro de rock na quarta-feira. O ex-treinador do Milan foi contratado pelos campeões europeus na semana passada, depois da demissão de Rafael Benitez.

“Eu sou um romântico”, disse Leonardo em sua primeira coletiva de imprensa no local de treino do Inter, onde foi recebido com animados aplausos.

“Eu não estava procurando trabalho, eu estava procurando um sonho e esse é o maior desafio que existe.”

O brasileiro deixou o Milan em maio depois de sua única temporada como técnico, em decorrência de uma série de desacordos com o dono do clube, Silvio Berlusconi.

Ele volta ao Campeonato Italiano com os maiores rivais do Milan, mas disse que sua decisão em aceitar o papel não era o começo de uma “vendetta” contra os Rossoneri.

“Eu agradeço o Milan pelos 13 anos juntos e eu nunca me esquecerei deles, mas agora começo uma nova aventura. Sou um homem livre.”

O campeão da Copa do Mundo de 41 anos foi jogador do Milan antes de se tornar um olheiro, diretor técnico e técnico do clube, e portanto sua saída para a rival foi ainda mais inesperada.

No entanto, não é incomum a troca de membros entre os clubes, e o Milan, que está na liderança do campeonato, se manteve relativamente quieto sobre o assunto, já que aposta no atacante Zlatan Ibrahimovic, ex-Inter, para vencer o scudetto.

O Inter está buscando um sexto título consecutivo no Campeonato Italiano, mas está em sétimo lugar na metade da temporada, depois de uma série de lesões e a perda de confiança sob a liderança de Benitez.

“Eu ainda acredito no scudetto. Eu sei que 13 pontos é muito, mas o campeonato ainda tem muito tempo pela frente”, acrescentou Leonardo, cujo primeiro jogo será no dia 6 de janeiro contra o Napoli, em San Siro.

O presidente do Inter, Massimo Moratti, está preparado para se defender dos fãs caso sua nomeação do ex-técnico do Milan dê errado.

“Estou muito feliz sobre sua contratação, eu sempre o aprovei”, disse Moratti sobre Leonardo, que fala cinco línguas.

“Agora vamos deixá-lo trabalhar sem pressão, mas com toda a ambição que devemos ter como campeões do mundo. Ele tem um peso grande sobre suas costas, assim como eu, pela decisão que o clube tomou.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below