Blatter critica calendário de campeonatos locais

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 12:15 BRST
 

BERNA (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, criticou o excesso de jogos dos campeonatos locais, postura que poderá colocá-lo em desacordo com os clubes europeus, que reclamaram no ano passado da agenda de jogos internacionais.

Blatter também disse que gostaria de ter apenas árbitros profissionais na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

"Do meu ponto de vista, isso é algo com o qual (o presidente da Uefa) Michel Platini concorda, campeonatos locais são muito longos porque há times demais e jogos demais", disse Blatter em entrevista publicada no site oficial da Fifa (www.fiffa.com) nesta quarta-feira.

"Equipes (que participam) de ligas com 20 clubes disputam 38 jogos, além de terem competições de copas locais e copas de ligas, etc."

"Isso também cria um conflito de interesses entre as seleções e os clubes, alguns dos quais reclamam que os jogadores voltam cansados e lesionados. Isso não é culpa do calendário internacional, no entanto, é um assunto que deve ser discutido."

Blatter disse estar decidido em garantir a presença de árbitros profissionais no Mundial de 2014.

"Essa é uma meta que temos que atingir", disse ele. "Técnicos são profissionais agora, e os jogadores também, e não há motivo por que os árbitros também não deveriam ser."

"Algumas pessoas dizem que não têm dinheiro suficiente para pagá-los, mas sempre parece existir o suficiente nas ligas profissionais."

(Reportagem de Brian Homewood)

 
<p>Presidente da Fifa, Joseph Blatter, durante coletiva de imprensa em Abu Dhabi, em dezembro. Blatter criticou o excesso de jogos dos campeonatos locais, postura que poder&aacute; coloc&aacute;-lo em desacordo com os clubes europeus, que reclamaram no ano passado da agenda de jogos. 17/12/2010 REUTERS/Fahad Shadeed/Arquivo</p>