Ronaldinho fica mais perto de assinar com o Grêmio

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 19:06 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Ronaldinho Gaúcho está mais perto de voltar a vestir a camisa do Grêmio em 2011, disse na quarta-feira o presidente do clube gaúcho, Paulo Odone.

Ronaldinho, de 30 anos, está próximo de conseguir a liberação de seu contrato com o Milan para voltar a jogar no Brasil. Flamengo e Palmeiras também fizeram propostas pelo meia-atacante, mas o Grêmio é o clube mais avançando nas negociações pelo jogador, que foi revelado pelo clube gaúcho.

"Temos a garantia de que ele quer voltar para o Brasil, jogar a Copa de 2014 e morar em Porto Alegre. Vestindo a camiseta do Grêmio, ele está em casa", disse o dirigente em entrevista coletiva em Porto Alegre, de acordo com o site do clube.

Segundo o dirigente, o contrato entre o Grêmio e Ronaldinho está praticamente pronto, faltando apenas cláusulas de segurança de ambas as partes. O clube informou que espera anunciar o jogador como seu principal reforço para a temporada ainda esta semana.

De acordo com o Grêmio, falta apenas Ronaldinho assinar a rescisão contratual com o Milan. A presença do vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, no Rio de Janeiro deve facilitar esse processo.

"Quero ver o Ronaldinho fazer aquela famosa foto, vestindo a camisa do clube. Ele pode aqui resgatar o seu futebol, e resgatar a sua relação com o Grêmio. Isso é fundamental", acrescentou Odone.

Ronaldinho, eleito pela Fifa em 2004 e 2005 o melhor jogador do mundo quando jogava pelo Barcelona, deixou o Grêmio de forma litigiosa em 2001 para defender o Paris St. Germain. O retorno do meia é visto pela torcida como uma oportunidade de reparar a imagem de ídolo junto ao clube.

(Por Pedro Fonseca)

 
<p>Ronaldinho em treino da sele&ccedil;&atilde;o brasileira em Doha, em novembro de 2010. REUTERS/Mohammed Dabbous</p>