McLaren diz que atraso em novo carro não é para esconder nada

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 21:10 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A McLaren buscou na quinta-feira afastar as suspeitas de que teria atrasado o lançamento do seu novo carro porque tem algo a esconder na próxima temporada.

A equipe, que venceu cinco corridas em 2010 com os ex-campeões Lewis Hamilton e Jenson Button, marcou o lançamento oficial do carro de 2011 para 4 de fevereiro em Berlim, após o primeiro teste da pré-temporada para as equipes, em Valência.

Outras grandes equipes pretendem começar a apresentar seus carros assim que possível, a começar pela Ferrari, que exibe o seu em 28 de janeiro, na sede de Maranello.

"Sempre esteve nos nossos planos lançá-lo após o primeiro teste", disse o diretor de engenharia da McLaren, Paddy Lowe, numa teleconferência com jornalistas na quinta-feira.

"Uma das razões foi que queríamos usar o primeiro teste para trabalhar com ... uma plataforma estável e conhecida enquanto entendemos os novos pneus. Isso também nos dá um pouco mais de tempo na programação para o novo carro."

"Então sempre esteve planejado desse jeito. É só um plano ao qual chegamos, e que consideramos ótimo na preparação geral para as corridas."

A Force India, que a exemplo da McLaren também usa motores Mercedes, foi outra equipe que citou os novos pneus Pirelli como motivo para não usar o carro da nova temporada no primeiro teste.

A McLaren, vice-campeã em 2010, atrás da Red Bull, foi pioneira na temporada passada em usar o chamado "duto F", dispositivo pelo qual o piloto pode alterar o fluxo de ar que passa pela asa traseira, aumentando a velocidade nas retas.

(Reportagem de Alan Baldwin)