Estatal de petróleo venezuelana é nova patrocinadora da Williams

sábado, 15 de janeiro de 2011 15:55 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A PDVSA, estatal venezuelana de petróleo, chegou a um acordo de patrocínio de longo prazo com a Williams, depois da contratação realizada pela equipe da Fórmula 1 do piloto do país Pastor Maldonado.

O acordo com a quinta maior exportadora da petróleo do mundo foi anunciado na sexta-feira pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, em uma exibição realizada em Caracas.

A britânica Williams, que perdeu vários patrocinadores importantes no final de 2010, incluindo a Royal Bank of Scotland (RBS), disse que o acordo permitirá ver a marca PDVSA no carro e nos uniformes do piloto.

"É um sócio importante e pode marcar uma diferença significativa na nossa capacidade de luta," disse em comunicado o dono da equipe, Frank Williams.

A ex-campeã Williams, terceira equipe de maior sucesso da Fórmula 1 de todos os tempos em número de vitórias, ficou em sexto lugar na temporada passada na classificação geral.

O chefe de assuntos corporativos da PDVSA, Julio González, também se mostrou satisfeito com o acordo e por ver um compatriota na categoria máxima do esporte.

"Pastor hasteará nossa bandeira este ano e levará as esperanças de todo um país neste novo capítulo de sua carreira", declarou.

Maldonado, campeão do ano passado na categoria GP2, na qual também foi patrocinado pela PDVSA, será parceiro na Williams do experiente brasileiro Rubens Barrichello.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>Presidente venezuelano, Hugo Ch&aacute;vez e piloto da Williams Pastor Maldonado durante exibi&ccedil;&atilde;o em Caracas. A PDVSA, estatal venezuelana de petr&oacute;leo, chegou a um acordo de patroc&iacute;nio de longo prazo com a Williams, depois da contrata&ccedil;&atilde;o realizada pela equipe da F&oacute;rmula 1 do piloto Pastor Maldonado. 14/01/2011 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins</p>