Lazio, Roma e Juventus só vencem no final

domingo, 16 de janeiro de 2011 16:11 BRST
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - Com gols no final, Lazio, Juventus e Roma conseguiram manter a perseguição acirrada ao Milan, líder do Campeonato Italiano, neste domingo apesar das reclamações de impedimento dos adversários.

O Milan, que tem três pontos de vantagem, visita o ameaçado pelo rebaixamento Lecce em uma partida ainda no domingo precisando vencer, já que a Lazio conseguiu assumir a segunda posição quando Libor Kozak, saindo do banco, marcou de cabeça com seis minutos antes do final do jogo para dar a vitória por 1 x 0 sobre a Sampdoria.

O atacante tcheco Kozak, que deve deixar o time de Roma na janela de transferência de janeiro, aproveitou uma cobrança de falta para marcar mesmo com as reclamações de impedimento. Ele comemorou tanto que acabou rasgando a sua camiseta.

A Lazio, que causa surpresa nesta temporada depois de ter enfrentado a ameaça de rebaixamento no campeonato passado, ficou com o mesmo número de pontos do Napoli após o time treinado por Walter Mazzarri não ter sido capaz de passar de um empate por 0 x 0 com a Fiorentina no sábado.

A quarta colocada Roma marcou aos 44 minutos do segundo tempo o gol da vitória de 1 x 0 sobre o Cesena. O resultado poderia ser diferente, já que Adriano estava aparentemente meio passo na frente dos zagueiros quando chutou. O seu chute, depois de bola na trave de Marco Borriello, foi defendido e Simplicio --que também parecia estar impedido-- chutou a bola que ultrapassou Maximiliano Pellegrino.

"Os árbitros já disseram que nunca conseguem ver aquele centímetro", disse o técnico da Roma, Claudio Ranieri, que começou com Francesco Totti como titular depois de deixar o jogador várias partidas como reserva, em entrevista para a Sky TV. "Não vale a pena discutir um centímetro. É um gol, mesmo se ele nasceu de uma jogada confusa em vez de algo claro."

FESTIVAL DE LESÕES

Aproveitando uma bola de Alberto Aquilani, o zagueiro Giorgio Chiellini marcou faltando 11 minutos para o final da partida e deixou a Juventus na quinta colocação com a vitória de 2 x 1 contra o ameaçado Bari.   Continuação...

 
<p>Hernanes (dir) do Lazio disputa jogada com Angelo Palombo Sampdoria durante jogo do Campeonato Italiano. 16/01/2011 REUTERS/Giampiero Sposito</p>