De virada, chinesa vai à final no Aberto da Austrália

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011 10:17 BRST
 

Por Nick Mulvenney

SYDNEY (Reuters) - A chinesa Li Na se recuperou depois de estar à beira da derrota na semifinal do Aberto da Austrália e surpreendeu na quinta-feira a número 1 do mundo, Caroline Wozniacki, conquistando o direito de fazer a final contra Kim Clijsters.

Li, que já chegara à semifinal em Melbourne no ano passado, salvou um match point no segundo set no Melbourne Park e venceu o jogo por 3-6, 7-5 e 6-3. É a primeira vez que uma tenista da China (e de toda a Ásia) vai à final de um torneio de simples do Grand Slam.

Na outra semifinal, numa ensolarada Rod Laver Arena, Cljisters, finalista em 2004 na Austrália, passou com facilidade por Vera Zvonareva (duplo 6-3). Foi o segundo confronto consecutivo entre elas num Grand Slam.

Li, como é habitual, começou mal o jogo. Teve seu serviço quebrado na primeira vez em que sacou, e cometeu 17 erros não-forçados ao longo do primeiro set. No segundo set, ela continuou errando, e o jogo parecia se encaminhar para uma vitória de Wozniacki.

"Depois que salvei o match point, eu pensava: 'Ok, agora tenho uma chance'", disse a chinesa após a partida. "É duro jogar contra ela. Ela ficava correndo... Eu achava que em alguns lances eu tinha feito o ponto, mas toda vez ela alcançava a bola."

Wozniacki continuava correndo atrás dos violentos golpes de Li no fundo de quadra, mas a dinamarquesa também começou a errar, inclusive ao cometer uma inoportuna dupla falta que deu o segundo set à chinesa.

O terceiro set foi uma batalha no fundo de quadra, pontuada por longas disputas de bola. Mas a maré estava a favor de Li, que selou sua vitória em um "forehand" mandado para fora por Wozniacki, após duas horas e meia de partida..

"Tive muitas chances, simplesmente não as aproveitei. Se você não aproveita as chances, perde o jogo", disse Wozniacki, de 20 anos, que tem sido pressionada a justificar com um tírulo de Grand Slam a sua liderança no ranking.   Continuação...

 
<p>Li Na comemora vit&oacute;ria contra Caroline Wozniacki nas semifinais do Aberto da Austr&aacute;lia, em Melbourne. 27/01/2011 REUTERS/Petar Kujundzic</p>