"Homem de gelo" Djokovic vence Murray na final em Melbourne

domingo, 30 de janeiro de 2011 12:33 BRST
 

MELBOURNE (Reuters) - Novak Djokovic, terceiro cabeça-de-chave, pulverizou Andy Murray por 6-4,6-2 e 6-3 e conquistou seu segundo Aberto da Austrália neste domingo, acabando com as esperanças britânicas de um campeão de simples Grand Slam no masculino em 75 anos.

O herói da Sérvia na Copa Davis dominou completamente o escocês Murray, que perdeu todas as três finais de Grand Slam às quais chegou sem vencer um set.

"Dedico este título à minha família, meus irmãos, minha filha Jelena e ao meu povo que está comigo há tantos anos," disse um emocionado Djokovic enquanto embalava o troféu.

"Foi um período difícil para o nosso povo na Sérvia," acrescentou Djokovic, que também prestou homenagem às vítimas das recentes inundações em Queensland.

"Estamos tentando a cada dia apresentar nosso país da melhor maneira possível, então isso é para o meu país, a Sérvia."

Djokovic, em seguida, saudou centenas de entusiasmados torcedores envoltos em bandeiras sérvias da sacada de um estúdio de televisão, segurando o troféu como um jogador de futebol, pulando e cantando.

"Isso significa o mundo para mim," disse ele. "Qualquer título de Grand Slam é uma enorme conquista. Dediquei minha vida ao esporte.

"Eu ainda estou com 23 anos, e espero ter mais chances de ganhar Grand Slams. Realmente me dá muita motivação. É uma enorme injeção de confiança."

Djokovic comemorou jogando sua raquete, camisa e sapatos no meio da multidão da embalada Rod Laver Arena, que foi ao delírio.   Continuação...

 
<p>Novak Djokovic comemora vit&oacute;ria sobre Andy Murray na final do Aberto da Austr&aacute;lia. REUTERS/Mick Tsikas</p>